Inicial / Outras Notícias / Pelo menos uma pessoa por dia é vítima de escorpiões no Distrito Federal

Pelo menos uma pessoa por dia é vítima de escorpiões no Distrito Federal

Print Friendly, PDF & Email

O inseto matou uma criança de um ano e seis meses em creche do Guará. A polícia decidiu ontem abrir investigação.

A incidência de escorpiões não se restringe a uma região do Distrito Federal. Plano Piloto, Planaltina, Sobradinho e Guará são as localidades com o maior número de aparecimento do aracnídeo nos últimos meses. Essas cidades também são aquelas em que há mais pedidos de vistorias e capturas, segundo levantamento da Diretoria de Vigilância Ambiental (Dival), da Secretaria de Saúde (veja mapa). Foi justamente nessa última onde ocorreu a morte de Henrique Moraes Mendonça Rodrigues, de 1 ano e seis meses. O menino foi picado na última terça-feira, quando brincava no parquinho da Escola Castelinho Plim, na QE 19. Cerca de 13h depois, o garoto morreu de parada cardiorrespiratória, uma das complicações causadas pelo veneno do bicho. A polícia abriu ontem investigação sobre o caso.

Em 2012, foram registrados 792 acidentes por picadas de animais peçonhentos no DF. Desse total, 425 têm relação com escorpiões. Em 2013, até ontem, a Secretaria de Saúde registrou 247 ataques a humanos, sendo 107 provocados pelo escorpião amarelo, o mesmo que matou Henrique — a média é de um ataque por dia. Ontem à tarde, um funcionário de um órgão federal foi atacado pelo aracnídeo. Ele passa bem, embora não tenha precisado tomar o soro antiescorpiônico.(CB)