Inicial / Outras Notícias / Bancada do PT no Senado protocolou notícia crime contra Bolsonaro na PGR
Rogério Carvalho - Blog Edgar Lisboa. Foto: Alessandro Dantas

Bancada do PT no Senado protocolou notícia crime contra Bolsonaro na PGR

Print Friendly, PDF & Email
A Bancada do PT no Senado, liderada por Rogério Carvalho (SE), protocolou nesta manhã, na Procuradoria Geral da República, notícia crime denunciando o uso de interesses pessoais e privados, por parte do presidente Jair Bolsonaro, na nomeação para a presidência do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – IPHAN.
Em reunião ministerial do dia 22 de abril, cujo vídeo é de conhecimento público, Bolsonaro declarou explicitamente haver nomeado para a direção do órgão alguém que pudesse solucionar assunto de interesse do empresário Luciano Hang, proprietário da rede de lojas Havan. Trata-se de obra para construção de um novo estabelecimento da rede. Em agosto do ano passado, Luciano Hang reclama, em seu perfil no Twitter, sobre a paralisação e interdição de obras, pelo IPHAN, para uma nova loja da rede Havan no sul do país, onde teriam sido encontrados no terreno vestígios de possíveis materiais históricos.
A ex-presidente do IPHAN, Kátia Bogéa declarou que sua exoneração, em dezembro de 2019, decorreu de reclamações do Senador Flávio Bolsonaro e do proprietário da Havan, Luciano Hang. A mudança evidencia a sujeição de um órgão do Estado aos interesses privados de um empresário simpático ao governo.
Em maio deste ano, foi nomeada para o cargo Larissa Rodrigues Peixoto Dutra, antes alocada no Ministério do Turismo, que tem laços de amizade com familiares de Jair Bolsonaro, o que fere o princípio da impessoalidade, e constitui crime de responsabilidade por parte do presidente da República.