Inicial / Matérias Especiais / Brasília quer parque temático de Walt Disney
Disney o paraiso das crianças e adultos

Brasília quer parque temático de Walt Disney

Print Friendly, PDF & Email
Ibaneis Rocha

O primeiro parque temática de Walt Disney pode chegar ao Brasil. Empresários e o Governo do Distrito Federal já estão avaliando a instalação em Brasília. A proposta que vem sendo considerada por investidores há anos, nunca chegou a sair do papel. Agora, com o governador Ibaneis Rocha (MDB) que tem marcado suas decisões com uma velocidade diferenciada dos governos anteriores, o projeto tende a caminhar logo, os estudos estão avançando , apesar do acordo ainda estar em fase inicial .

Uma reunião entre Vanessa Mendonça, secretária de Turismo do Distrito Federal e Everardo Gueiros, secretário de Projetos Especiais, ocorreu na última segunda-feira (4) para tratar do assunto. Vanessa Mendonça anunciou que Brasília está pronta para receber um empreendimento como esse. “O governador Ibaneis, está empenhado em reinventar a nossa história, a história de uma cidade que nasceu de um sonho, e que a gente tem que investir, sonhar e realizar”.  Ela destaca que “nós temos um cenário hoje extremamente positivo, o nosso país deu um passo importantíssimo no final do ano passado que foi exatamente um parecer favorável à isenção completa do Imposto de Importação, para equipamentos de entretenimento. Então isso faz com que, rodas gigantes, top gans, montanha russa e outras peças que tinham até 20% de impostos, caiam a zero.  O que nós tínhamos na realidade, é um impacto na economia e geração de milhares de empregos. E isso beneficia Brasília, nós precisamos colocar a nossa cidade como uma das principais cidades para estar na ação de investidores desse setor. Ou seja, nós só temos fatores positivos, muito positivos”, acentuou Vanessa.

Próximos passos

Vanessa Mendonça

Vanessa Mendonça, revelou que “nós estamos dialogando com as principais (…) entidades do Brasil e do mundo. Essa negociação e esse diálogo, também com a participação do secretário Everardo, envolvido também conosco, e do nosso governador que já determinou que nós criemos aí esse encaminhamento prático. ”  A secretária de Turismo, disse que esse é o objetivo, porque no momento que um parque temático como esse chega, nós passamos a criar um distrito turístico; que é uma outra informação muito importante para o nosso setor, que também está tramitando no Congresso. Esse projeto prevê a criação de áreas especiais para o desenvolvimento turístico. E nós estamos justamente colocando Brasília no patamar de cidade que ela é, uma das capitais mais belas do mundo, nós temos lindas estruturas, nós temos aqui o aeroporto hoje que é o segundo maior “hub “do País, preparado para ampliar o número de voos internacionais. Ou seja, vamos acreditar, eu acho que está na hora de pensar Brasília positiva, vamos sonhar essa cidade, vamos realizar, nós temos todas as condições de viabilizar. É sim uma realidade, e nós brasilienses temos que acreditar e apostar nisso.  Não vamos medir esforços para que isso ocorra”, prometeu Vanessa.

Enfrentar as resistências

“Nós acolhemos todas as visões, mais o governador Ibaneis, com menos de um mês de governo, já realizou transformações aqui na cidade, como o SOS Saúde, SOS Obras, e todos os outros setores que estão sendo reconstruídos, porque nós herdamos em todos os setores, um caos na administração”, afirmou Vanessa Mendonça.

Destino Turístico desejado

A secretária de Turismo, enfatizou que “o governo está olhando todas as áreas, de segurança e todos os outros setores, o que nos últimos quatro anos não foi feito. Agora o turismo é uma engrenagem do mundo geradora de emprego para todas as idades e para todos os setores. Nós temos uma cidade jovem que precisa gerar empregos para que nossos jovens não saiam para outras capitais e para o mundo. Nós temos que transformar Brasília num destino turístico desejado. Nós temos hoje um setor que preve investimentos 1,9 bilhões nesses próximos anos e uma geração de 56 mil novos postos de trabalho, que é o setor de parques temáticos”.

Geração de Empregos

Disney o Paraíso das crianças e adultos

Para a secretária, “Brasília, como capital e como ponta de lança desse setor, precisa realmente se colocar e brigar por isso. Nós estamos brigando para trazer, porque a geração de empregos, e não é só em razão do parque, não é, nós estamos falando em transporte, em redes de restaurantes, em hotéis, é uma transformação. Hoje nós temos 18 parques temáticos no Brasil, e a mais de 10 anos não se constroem parques temáticos. Então, só o fato de nós colocarmos todas as condições para que isso ocorra, já nos leva para um patamar diferente, que é aonde nós já deveríamos estar há muito tempo. ” Ela argumenta que essa visão do governador Ibaneis, de inovação, de ação, de valorização, de colocar a nossa capital, a nossa cidade como capital do País, faz e tem feito; o resultado é esse aqui, com que os investidores do mundo inteiro comecem a olhar para cá de uma forma concreta. Então eu só vejo pontos positivos e acredito que as pessoas que talvez discordem hoje vão entender que é exatamente e vão ficar muito felizes porque a cidade vai ficar melhor para todo mundo”.

Serviços básicos esquecidos

Questionada por um ouvinte, em entrevista à Bruno Mello, na CBN, Vanessa disse que o ouvinte tinha razão, nos últimos anos, , os serviços básicos ficaram esquecidos, mas o que o governador tem colocado, é que esse empreendimento  traz essa infraestrutura, ele está oferecendo, essa é uma condição, claro, um parque como esse não vai ter interesse de se instalar se nós não lhe oferecermos as condições de acessibilidade e todos os setores:  segurança, transporte, tudo isso está dentro do nosso planejamento.” Na opinião da secretária de Turismo, “o cidadão tem toda razão de se preocupar com isso”. Lembrou que “é uma das preocupações desse governo, e volto a dizer, todas essas ações que o governador tem feito e demonstrado já realizado, elas seguem nesse sentido. Então eu compartilho com você dessa preocupação, mas ela está no nosso plano de trabalho e já está sendo realizada pelo governo”.

O que o governo oferece?

Nesse nosso diálogo  explica Vanessa Mendonça, “nós estamos primeiro colocando a questão de Brasília. Nós estamos no coração do País, como eu disse, o nosso aeroporto hoje, a Infraamérica dispõe de uma infraestrutura excepcional, é padrão mundial, é de classe mundial esse aeroporto, e todas as condições, infraestrutura, de impostos, condicionado, evidentemente a um período que nos dê condições de viabilizar, obviamente estas obras. Tudo que for necessário no aspecto econômico, financeiro e de infraestrutura e que nos dê competitividade em relação aos outros estados.

Uma Nova Brasília

Vanessa: Brasília tem que lutar para isso.

A secretária, acentua que “ é importante também dizer que nós aqui de Brasília, temos que lutar por isso e torcer, porque nós estamos disputando sempre com outros estados.  Nós temos que oferecer condições competitivas, e o nosso governador não vai medir esforços nesse sentido, porque ele não está olhando para essa situação de agora, ele está olhando para uma nova Brasília, para um sonho (…) que não foi cumprido, que no ano que vem comemora 60 anos. Nós estamos olhando para um futuro, um futuro de cidade, um futuro de geração, para nossas novas gerações. O governador não está olhando hoje ou amanhã, então nós temos essa obrigação de ter esse olhar para o futuro da nossa cidade.

Projetos nunca saíram do papel

Alertada pelo apresentador de que esses projetos nunca saíram do papel, Vanessa Mendonça, foi clara: “em outras gestões os projetos não saiam do papel, nessa gestão ele sai. Então essa é a diferença. ”

Prazos e Datas

Cobrada sobre os prazos e datas, a secretária de Turismo disse que seria precipitada se fizesse estimativas. “É uma construção conjunta. Porque imagina, nós estamos falando com uma multinacional e que ela própria tem um cronograma, mas nós vamos anunciar isso em breve, mas esse cronograma ele vai ser construído em conjunto, e vai ser anunciado”, considerou com entusiasmo a secretária Vanessa Mendonça.

Blog Edgar Lisboa