Inicial / Repórter Brasília / Brasília Turística

Brasília Turística

Print Friendly, PDF & Email

Brasília cidade turística 4.0. A capital do Brasil oferece ao visitante, nova capacidade de acolhimento e de entretenimento, que a diferencia de outras capitais classificadas como cidades-monumento, de qualquer lugar do mundo.

O Palácio da Alvorada, mais uma obra de Oscar Niemeyer,  uma das mais importantes obras da arquitetura de Brasília, residência oficial do Presidente da República.

Um novo Brasil

Esta foi a imagem da cidade no passado, durante sua construção, quando o sorridente Juscelino Kubitschek, atraindo a atenção do mundo e contribuindo de forma decisiva para a formação da imagem de um novo Brasil. Ainda não havia Pelé. A imagem do Brasil do futuro depois passou para esse jovem atleta, mas em meados dos anos de 1950 era a cidade fantástica no meio da “Amazônia” – assim se pensava no mundo a fora e, até mesmo no Brasil.

Modernidade e juventude

Está sendo discutido um projeto para recuperar para a cidade seu “drive” de modernidade, juventude, bom gosto, desafio, arrojo. Todos esses motes estão presentes e precisam ser virtualizados. Quando o turista desembarcar em Brasília, deverá encontrar esse ambiente amigável e fascinante é o que pretendem os idealizadores do projeto.

Mergulhar no século XXI

Tal qual Atenas, Persépolis, o Vale dos Reis (no Egito), nos fundamentos da civilização ocidental, Brasília é a expressão contemporânea de uma nova civilização (sul-americana), argumentam. Esta será nossa mensagem. Estar e andar por Brasília é estar efetivamente mergulhado no Século XXI. As imagens recorrentes de outras cidades de nossa América latina oferecem burgos antigos, como Cidade do México, Buenos Aires e Rio de Janeiro, ou aglomerados tidos como caóticos, tipo Caracas, São Paulo, Lima e etc. Brasília é outra coisa: é o futuro limpo, higiênico, uma cidade que lembra o imaginário urbano da ficção científica, só faltando-lhe os foguetes interplanetários e o astronauta Flash Gordon pelas ruas (despovoadas, como as imagens futuristas).

Cidade Monumento

Ponte JK

Como essas metrópoles de referência, Brasília também é uma cidade monumento, construída pelas três maiores expressões do urbanismo contemporâneo: Oscar Niemayer, o escultor da arquitetura, Lúcio Costa, o filósofo da nova urbe a partir do Século XX (“A anatomia do habitante de  Brasília se compõe de cabeça, tronco e rodas – não necessariamente automóvel, mas bicicletas, patinetes e outros veículos “modernos” super adequados à topografia da capital), um verdadeiro Xerxes de Persépolis,   e Burle Max, a maior expressão do paisagismo em todo o mundo (seus jardins e avenidas estão espalhados pelo mundo inteiro – como Nabucodonosor e seus jardins suspensos da Babilônia).

Sensações novas

Cada um desses atributos tem de ser explorado separadamente. Esta será a força, a novidade e a criatividade que pode ser oferecida às populações do mundo inteiro, ávidas de lugares de diferentes e de sensações novas e empolgantes.

Blog Edgar Lisboa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *