22 de novembro de 2017
Inicial / Artigos / É hora de mudar – Jair de Farias

É hora de mudar – Jair de Farias

Print Friendly, PDF & Email

Jair de Farias

A nação está vivendo uma ressaca cívica e moral sem precedentes, em consequência dos últimos acontecimentos protagonizados pela   classe política em todos os níveis de representações, incluindo a figura do Presidente da República – que registra uma assombrosa mácula à nossa história republicana. Não bastasse isso, a Câmara dos Deputados, pelas últimas decisões adotadas, é coadjuvante de primeira linha deste teatro de horrores que a nação assiste.

É hora de mudar. É responsabilidade de todos os cidadãos de bem deste país, enfim, da nação brasileira, sair desta ressaca com altruísmo e força, para evitar uma depressão cívica, de consequências imprevisíveis.
Para tanto, temos à frente um horizonte que desafia a todos nós. É a construção de um novo modelo de representação política e partidária que resgate a cidadania e a honra nacional.

E só há um caminho. Uma reforma política.
Que não é a reforma política que tramita no Congresso. Mas uma reforma que nasça da necessidade do povo em lavar a sua honra. Reforma que seja legitimada pela vontade popular. Reforma que estará nas mãos dos eleitores brasileiros nas próximas eleições.

Porque todos os brasileiros certamente já aprenderam as lições que as maiores autoridades deste país, o Congresso nacional de maneira geral, e a Câmara dos Deputados, particularmente, estão proporcionando em atos e decisões pouco meritórias. E devem saber que a verdadeira reforma política sairá dos seus votos nas próximas eleições.                                                                       E daí sim, elegendo representantes sérios, éticos e não em corruptos que até agora enganaram os eleitores e vieram para estas Casas com o objetivo explícito de promoverem falcatruas, vender seus votos, e enriquecerem criminosamente. O eleitor que promoverá a verdadeira reforma política deverá estar atento e examinar bem o passado, as atitudes, o grau de interesse público e as verdadeiras intenções e o comprometimentos daqueles candidatos às eleições de 2018.  Depois disso, com as novas composições das duas Casas do Congresso, a nação poderá confiar que uma nova legislação venha disciplinar as atividades políticas, partidárias e a representação popular. Daí sim teremos uma verdadeira reforma política que seja a ferramenta básica da reconstrução nacional.

 Jair de Farias é jornalista, Mestre em Comunicação e Cientista Político.