Inicial / Notícias / Guedes ainda não digeriu a queda de Levy
O ministro da Economia, Paulo Guedes, abre o seminário Produtividade e Crescimento Econômico no Brasil

Guedes ainda não digeriu a queda de Levy

Print Friendly, PDF & Email

José Antônio Severo

O ministro Paulo Guedes estaria ainda perplexo, sem ação com a forma do anúncio da desgraça do ex-presidente do BNDES. Segundo algumas fontes que conhecem o economista, ele engoliu o sapo, mas ainda não deglutiu o batráquio. O ministro teria pensado em demitir-se junto com Joaquim Levy, defenestrado de forma tão pouco usual nos rituais do poder, mais ainda nos altos escalões do Executivo. Guedes reconsiderou seu impulso do momento, pensando em duas coisas, principalmente: primeira, salvar os escombros da reforma da previdência e outras reformas liberais que estaria implantando e que sucumbiriam na tormenta; segundo, não poderia levar a ponta de faca a grosseria do presidente. Ele já teve tempo para se acostumar com o estilo Bolsonaro. Isto, no entanto, não significa que a crise tenha acabado. Foi para baixo do tapete, mas pode voltar à tona. Como dizia o conselheiro Acácio: “As consequências vêm depois”.

Blog Edgar Lisboa