Inicial / Outras Notícias / Imbé busca incentivar o turismo nas lagoas

Imbé busca incentivar o turismo nas lagoas

Print Friendly, PDF & Email

Porto Alegre – Uma reunião com diversas autoridades, ocorrida no último domingo (24), em Imbé, teve como objetivo tratar de um assunto importante para o desenvolvimento da região: o incentivo ao turismo nas lagoas e rios. Participaram, entre outras autoridades, o vice-prefeito Ique Vedovato, o vice-governador do Estado, Ranolfo Vieira Júnior, o senador Luiz Carlos Heinze (PP), o deputado federal Alceu Moreira (MDB), o deputado estadual Gabriel Souza, também do MDB e o secretário municipal de Turismo, Desporto, Indústria e Comércio, Uiraçu Pinto. Empresários, pescadores e investidores da cidade também participaram.

A ideia é, com a nova ponte entre Imbé e Tramandaí – cujo projeto está em licitação -, incentivar a navegação de embarcações de pequeno e médio porte, com entrada pela barra do Rio Tramandaí, em Imbé, levando estas embarcações até as diversas lagoas existentes na região. “É possível navegar de Imbé até a Lagoa da Itapeva, em Torres. Mas para isso precisamos da construção dos molhes da barra, para fixação do canal do rio e também do desassoreamento do rio e de lagoas”, disse Ique, lembrando que o objetivo é um turismo de forma sustentável, onde a preservação do ecossistema seja soberana.

Passeios de barcos pelos canais de navegação, lagoas e Rio Tramandaí foram realizados como forma de reforçar a ideia. Um vídeo produzido pelo Departamento de Comunicação da Prefeitura de Imbé também demonstrou as vantagens da criação de uma rota turística das lagoas. “Não é Imbé que ganha com isso, e sim, todo o Litoral Norte”, destacou o vice-prefeito.

As autoridades consideraram importante a pauta do encontro. O deputado Gabriel lembrou que, por volta dos anos 40, o transporte de produtos no Litoral Norte era realizado por barcos, pelas lagoas. “Estamos virados de costas para o que há de mais bonito na nossa região: as lagoas, os rios e os morros”, frisou.

Alceu Moreira também lembrou da história e citou as barras de ligação entre lagoas, situadas em Capão da Canoa, como destinadas a navegação de carga. “Agora temos que pensar em outras concepções de ponte, voltadas ao turismo de navegação”, complementou.

Veranista de Imbé, o senador Heinze destacou a importância do assunto e prometeu empenho na pauta, levando-a a Brasília. Para ele, a dragagem dos locais navegáveis é um dos principais pontos a serem levados em consideração.

Também veranista de Imbé, o vice-governador disse que a questão do turismo nas lagoas é desenvolvimento econômico, pauta diária no Palácio Piratini. “Seremos interlocutores nesta questão”, disse. Ele lembrou da visita do prefeito Pierre Emerim ao seu Gabinete, onde foi solicitado apoio para a construção do projeto da nova ponte entre Imbé e Tramandaí. Ranolfo ainda elogiou a administração municipal. “É grande a diferença de Imbé hoje e como estava anos atrás”, concluiu.

Além da navegação no rio, canais e lagoas, estava previsto um sobrevôo de helicóptero na região e navegação até o mar, mas as condições climáticas impediram a realização.

Ronaldo Berwanger

Assessoria de Imprensa/Imbé