Inicial / Notícias / Licenças automáticas de 60 dias

Licenças automáticas de 60 dias

Print Friendly, PDF & Email

Brasília – O ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Miguel Jorge, afirmou que, a partir de 2010, o prazo para a liberação das licenças não automáticas será de 60 dias para alguns dos produtos argentinos e brasileiros.

Desde outubro de 2008, os argentinos postergam a liberação das licenças para os produtos brasileiros. A situação se agravou no mês passado, quando o Brasil passou a impor barreiras na concessão de autorização para as mercadorias argentinas.

A lista de produtos afetados pelo impasse envolve aproximadamente 15 itens. No caso dos brasileiros são autopeças, freios e baterias para veículos. Já os argentinos, envolvem produtos alimentares e grãos.

ministro Miguel Jorge Foto: MDIC
ministro Miguel Jorge Foto: MDIC

“Certamente haverá um espaço grande para resolver isso”, afirmou Miguel Jorge depois da reunião bilateral entre os dois governos. “O prazo de 60 dias vale para os dois países”, completou.

A partir de janeiro, a cada 45 dias, os ministros da Fazenda, do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, além de Relações Exteriores, de ambos os países, se reunirão para buscar soluções. Eles vão formar um grupo de estudo para buscar uma solução para o problema. Já os presidentes do Brasil e da Argentina vão conversar sobre relações comerciais a cada 90 dias.