Inicial / Outras Notícias / Mais de 700 motoristas foram flagrados dirigindo com a CNH suspensa
Mais de 700 motoristas foram flagrados dirigindo com a CNH suspensa - Blog Edgar Lisboa. Foto: Valquíria Cunha/Ascom Detran-DF

Mais de 700 motoristas foram flagrados dirigindo com a CNH suspensa

Print Friendly, PDF & Email

Operação Pontos para a Vida do Detran-DF completa dois anos

Jaqueline Costa

(Brasília, 26/04/2019) – A Operação Pontos para a Vida (PPV) do Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF) completa dois anos com o balanço de 709 condutores flagrados dirigindo com a CNH suspensa e 49 com a habilitação cassada. Lançada em abril de 2017, a PPV tem o objetivo de identificar e autuar condutores que tiveram o direito de dirigir suspenso ou cassado, mas continuam cometendo infrações.

O planejamento da Operação Pontos para a Vida considera o cruzamento entre as informações dos condutores e das infrações anotadas no registro dos veículos, dos quais esses infratores são proprietários. O levantamento é utilizado para a definição de estratégias de fiscalização que possibilitem flagrar os infratores. Os 758 motoristas flagrados pelo Detran-DF somam juntos 13.382 pontos relativos a infrações de trânsito cometidas mesmo estando impedidos de dirigir. Um dos condutores acumulava 300 pontos na CNH ao ser abordado pela fiscalização.

Suspensão

De acordo com um levantamento preliminar da Gerência de Estatísticas do Detran-DF, em 2018, cinco motoristas com o direito de dirigir suspenso se envolveram em acidentes de trânsito com morte no DF. No ano passado, 3.407 motoristas do DF foram suspensos e 48 tiveram a habilitação cassada. Isso significa uma média de cerca de nove motoristas penalizados por dia no DF. Segundo dados da fiscalização, cerca de 90% dos motoristas autuados na PPV estavam suspensos por conduzir veículo após a ingestão de bebida alcoólica.

Penalidade

A PPV é uma parceria do Detran-DF com o Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) e a Polícia Civil do DF para que os condutores flagrados na operação também sejam penalizados judicialmente. A violação da penalidade de suspensão é considerada crime e pode acarretar detenção de seis meses a um ano.  Além do processo penal, o condutor suspenso que é flagrado dirigindo, recebe multa de R$ 880,41 e ainda responde ao processo administrativo de cassação da CNH.

Assessoria de Comunicação Social

Departamento de Trânsito do Distrito Federal – Detran/DF