Michel Temer diz que não renunciará, após delação da JBS

Michel Temer diz que não renunciará, após delação da JBS – Blog Edgar Lisboa. Foto: Beto Barata/PR

Não renunciarei. Disse o presidente Michel Temer em pronunciamento feito na tarde desta quinta-feira (18), no Palácio do Planalto.

Temer disse em seu pronunciamento: “não comprei o silêncio de ninguém, sempre honrei meu nome e nunca autorizei usar meu nome indevidamente”.

O Supremo Tribunal Federal (STF), autorizou abertura de inquérito contra o presidente. A decisão de abrir uma investigação contra Temer foi tomada pelo ministro Edson Fachin, que é relator da Lava Jato no Supremo.

A Corte não se pronunciou oficialmente sobre a investigação, e Fachin não falou com jornalistas quando da sua chegada ao Supremo na tarde desta quinta-feira.

O pedido de inquérito foi feito pela PGR (Procuradoria-Geral da República), e a partir de agora, o presidente passa a ser formalmente investigado. Segundo informações, Temer entrou com requerimento no STF pedindo acesso à íntegra das gravações feitas pelos delatores da JBS.

Agência Digital News/Blog Edgar Lisboa

Seja o primeiro a comentar

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*