Inicial / Repórter Brasília / Operação Covid-19, do Ministério da Defesa, conta com as modernas aeronaves KC-390
Nas missões da Operação Covid-19 são empregadas aeronaves tradicionais e o moderno e tecnológico KC-390, o maior avião do Brasil, com capacidade de transporte de 26 toneladas de carga, tropas e veículos.

Operação Covid-19, do Ministério da Defesa, conta com as modernas aeronaves KC-390

Print Friendly, PDF & Email

O Ministério da Defesa, através de dez comandos reunidos que cobrem todo o território brasileiro e ainda o Comando de Operações Aeroespaciais (COMAE), atuam integrados na chamada “Operação Covid -19”. Nesta terça-feira (23) o Ministro da Defesa, Fernando Azevedo, esteve no Centro de Operações Conjuntas de onde saem as decisões de combate ao Coronavírus. De lá são gerenciadas todas as missões do emprego da Força Aérea Brasileira (FAB), como por exemplo, o transporte de material hospitalar, pessoal (mão de obra) e insumos para todo o Brasil.

O COMAE coordena diversas ações de logística aéreas, entre elas, a Operação Amazônia Azul, com o objetivo de detenção de manchas de óleo e poluentes nas praias; a Operação Verde Brasil 2, de prevenção e repressão aos crimes ambientais na Amazônia e agora, também, a Operação Covid -19.

O Comando de Operações Aeroespaciais é subordinado à FAB, que tem o dever de utilizar o poder aeroespacial brasileiro para garantir a soberania do espaço aéreo e a integração do território nacional.

O ministro Fernando Azevedo vem acompanhando pessoalmente o trabalho desenvolvido pela estrutura no desempenho das missões.

Segundo a assessoria do Ministério da Defesa, o ministro Fernando Azevedo vem acompanhando pessoalmente o trabalho desenvolvido pela estrutura no desempenho das missões. No decorrer desses mais de 90 dias da Operação Covid-19, as aeronaves da FAB transportou cerca de 350 toneladas de carga. Em uma equiparação, isso equivaleria a 11 voltas ao mundo de horas de vôo, uma a cada nove dias de operação.

Nas missões da Operação Covid-19 são empregadas aeronaves como a tradicional Hércules (C130), o Amazonas (C105) e o moderno e tecnológico KC-390, o maior avião do Brasil, com capacidade de transporte de 26 toneladas de carga, tropas e veículos. Essa capacidade e logística de transporte fazem com que cestas básicas, insumos e equipamentos de saúde possam chegar à regiões de difícil acesso, como por exemplo, São Gabriel da Cachoeira, no extremo norte da Amazônia.

O Comando de Operações Aeroespaciais é integrado por militares das três forças: Aeronáutica, Marinha e Exército. Além das missões de Defesa Aeroespacial, também realizam Busca e Salvamento e Patrulha Marítima de águas de jurisdição brasileira. O COMAE ainda realiza em todo o território nacional transporte aéreo logístico e transporte de órgãos, além de realizar tarefas de força aérea em cooperação com outros órgãos federais no combate ao uso do espaço aéreo brasileiro ao crime organizado e ações de força aérea no apoio à Defesa Civil, à outros órgãos governamentais e demais integrantes das Forças Armadas.

Blog Edgar Lisboa, Rogério Lisbôa