Os jornais brasileiros e a democracia | | Edgar Lisboa
Inicial / Notícias / Os jornais brasileiros e a democracia
ANJ faz 30 anos e comemora com lançamento de livro sobre o papel dos jornais na democratização do País

Os jornais brasileiros e a democracia

Print Friendly, PDF & Email

capa_livroA ANJ – Associação Nacional dos Jornais acaba de lançar o livro “A Força dos Jornais – Os 30 Anos da Associação Nacional de Jornais no Processo de Democratização Brasileiro”, de autoria de Judith Brito e Ricardo Pedreira. A obra marca os 30 anos da entidade, fundada em 17 de agosto de 1979 por um grupo de 10 editores proprietários de jornais brasileiros e que, hoje, é a mais representativa entidade da indústria jornalística do Brasil. O livro mostra as origens da ANJ, seu crescimento e consolidação e também retrata a participação dos jornais brasileiros no processo de democratização do País.

No prefácio, o primeiro presidente da ANJ, Claudio Chagas Freitas destaca que o livro é “um resumo da saga de pessoas que, amparadas em histórias de suas famílias ou em sua trajetória profissional, conseguiram, com muita conversa, romper as rixas e o isolamento regional e criar uma entidade que hoje é nacional e que acolhe cerca de 140 jornais”.

Ilustrado com fotos dos processos editoriais e gráficos dos principais jornais brasileiros ao longo dessas três décadas, a publicação conta, ainda, com a reprodução de capas de algumas edições dos principais jornais do País e imagens históricas dos principais fatos políticos que marcaram a Nação nesse período. E mais: apresenta uma cronologia que mostra os principais acontecimentos do Brasil e da Associação nesses 30 anos.

Os autores
– Judith Brito é diretora-superintendente do Grupo Folha e presidente da ANJ. Formada em Administração Pública pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) de São Paulo, com mestrado em Ciência Política pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP).
– Ricardo Pedreira é diretor-executivo da ANJ, jornalista formado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), trabalhou no Jornal do Brasil , na Revista Veja e TV Globo.

Na publicação os presidentes e diretores executivos da entidade ao longo dos 30 anos, falam do trabalho desenvolvido pela ANJ em defesa dos jornais brasileiros. Esse blogueiro, ex-diretor executivo da entidade é um dos entrevistados e cita a profissionalização da organização com adoção de técnicas mais modernas de gestão e implantação de comitês temáticos.

Saiba mais informações no site: www.anj.org.br

2 Comentários

  1. meu caro Albrecht,

    Falei com a ANJ. O livro ainda não está no circuito das livrarias. Contudo,podes mandar um e.mail para o jornalista Carlos Muuler, assessor de imprensa da entidade que ele vai providenciar.
    carlos.muller@anj.org.br
    Telefone: (61) 2103-7488.
    Qualquer dificuldade, por favor, me informe.Um forte abraço
    Edgar Lisboa

  2. José Albrecht Lopes

    Boa memória do jornalismo, são 30 anos de presença da ANJ na defesa da ética e de boas práticas na profissão. Vou procurar o livro mas pode me dizer onde posso comprá-lo?? ABRAÇOS.