Inicial / Notícias / Para evitar aumento dos juros Governo limita gastos

Para evitar aumento dos juros Governo limita gastos

Print Friendly, PDF & Email

O Governo Federal vai limitar os gastos até março com o objetivo de demonstrar ao Banco Central e ao mercado financeiro que está comprometido com o cumprimento da meta de superávit primário (economia para pagamento dos juros) de 3,3% do Produto Interno Bruto (PIB) em 2010.

Um decreto de programação orçamentária provisória para fevereiro e março vai ser editado pelo Governo na próxima semana e estabelecerá que nesse período poderão ser gastos o equivalente a dois doze avos do Orçamento. O uso do decreto neste ano não significa que o governo esteja cortando gastos, mas indica que pretende manter o Orçamento sob controle.

Pelo menos no curto prazo, o Governo quer convencer o Banco Central de que não existe a necessidade de elevar os juros, e consequentemente o aumento da inflação, pois está contendo os gastos. Atualmente, há uma descrença no mercado de que o governo conseguirá atingir a meta de superávit de 3,3% do PIB. As apostas são de que essa economia não será superior a 2,5% do PIB. O objetivo da limitação dos gastos é mudar essa percepção.