Peniel comemora lei que proíbe o fumo | | Edgar Lisboa
Inicial / Notícias / Peniel comemora lei que proíbe o fumo

Peniel comemora lei que proíbe o fumo

Print Friendly, PDF & Email

O assessor especial do governador José Roberto Arruda e ex-deputado (autor da lei dos não-fumantes, em Brasília), Peniel Pacheco, comemora o avanço da lei que proíbe fumo nos demais estados brasileiros. “Essa tendência não é apenas nacional. É uma tendência mundial. No mundo inteiro, há restrições ao uso do cigarro em ambientes públicos, principalmente em ambientes fechados. O Brasil não poderia ficar de fora dessa tendência mundial,” avalia Pacheco.

Foto: Valter Campanato/ABr
Foto: Valter Campanato/ABr

Segundo Peniel Pacheco, precisa conscientizar a população – principalmente, os fumantes – que quando fazem o uso do cigarro seja em ambientes coletivos, seja em ambientes fechados prejudicam as pessoas que não fizeram a opção pelo tabaco com inúmeras toxinas e algumas delas, inclusive, cancerígenas. “Alguns alegam o seguinte: ‘Ah, eu tenho o direito de fumar’. Até pode ser verdade considerando o tabaco é um produto comercializado livremente no Brasil. O não-fumante também tem o direito de não fumar. E o interesse coletivo deve sobrepor ao direito individual”, ressalta.

O princípio universal de que a minha liberdade vai até onde começa o direito do outro se aplica claramente nessa questão da fumaça do cigarro. A palavra de ordem entre os dois grupos (fumantes e não-fumantes) é o respeito. Para que não haja um tratamento preconceituoso e um estabeleça limites sobre o outro, Pacheco resume uma relação de equilíbrio entre as partes. “O fumante vai fazer uso do cigarro num ambiente em que ele sinta-se livre para fazê-lo sem incomodar os outros. O que não fuma vai se sentir livre da presença do cigarro, portanto não haverá conflito e nenhum tipo de ação que venha colocar em guerra esses dois grupos que, hoje, majoritariamente, é formado pelos não-fumantes”, conclui.