Inicial / Notícias / PMs fazem 15.530 abordagens em eventos
PMs fazem 15.530 abordagens em eventos - Blog Edgar Lisboa. Foto: Renato Alves/Agência Brasília

PMs fazem 15.530 abordagens em eventos

Print Friendly, PDF & Email

Integração das forças de segurança do Distrito Federal na Torre de TV, que concentrou 84 dos 120 blocos carnavalescos do DF, garantiu mais uma vez a tranquilidade dos foliões

Os carnavalescos brasilienses puderam brincar, mais uma vez, com segurança nas ruas do Distrito Federal, no terceiro dia de carnaval. De forma inédita, a Cidade da Segurança Pública foi montada na área central de Brasília – na Torre de TV – e marca a integração das forças de segurança do Distrito Federal. O local foi escolhido por concentrar a maior parte dos eventos carnavalescos – 84 dos 120 cadastrados em todo o Distrito Federal no período.

As ocorrências foram registradas com mais facilidade e rapidez com a Delegacia Móvel da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), que está no local. Ela está atendendo com apoio dos postos avançados do Departamento de Polícia Técnica (DPT) e seus institutos Médico Legal (IML), de Criminalística (IC) e de Identificação (II).

Foto: Renato Alves/Agência Brasília

A PCDF também reforçou o plantão das delegacias da área central – 1ª e 5º –  assim como as Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA) e Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam).

Ocorrências
Foram registradas 111 ocorrências policiais. Destas, 34 por furto de celulares. Ainda foi registrada uma ocorrência por apreensão de possível substância entorpecente e 11 por crimes cometidos por menores.

Houve ainda três ocorrências por furto a pedestres e 11 por roubo também a transeuntes e oito por furtos diversos. E uma por desobediência, uma por resistência, uma por desacato e uma por furto no interior de veículos.

Foram registradas também 17 ocorrências por porte de substância entorpecente para consumo próprio.

Dez ocorrências foram registradas por porte de arma branca, uma por ato obsceno, duas por lesão corporal e uma por receptação culposa.

Polícia Militar
A Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) realizou diversas abordagens e atuou de forma preventiva em todos os eventos de carnaval do terceiro dia. Durante a Operação, a corporação registrou 18 ocorrências. O número demonstra a ação preventiva que tem sido realizada.

Além do policiamento diário de cerca de 2,5 mil policiais militares. O efetivo está operando com o apoio de tropas especializadas – como Rondas Ostensivas Táticas Móveis (Rotam), Batalhão de Policiamento de Choque (BPChoque), Batalhão de Policiamento com Cães (BPCães), Batalhão de Aviação Operacional (BavOp) e Regimento de Polícia Montada (RPMon).

Foram apreendidas duas armas brancas e porções de drogas diversas. Ao todo, os policiais realizaram 15.530 abordagens durante os eventos carnavalescos.

O Batalhão de Policiamento de Trânsito (BPTran), da PMDF, preparou um esquema especial de trânsito para coibir infrações de trânsito. Ao todo, os policiais realizaram 81 autuações no trânsito por alcoolemia. O BPTran registrou, ainda, cinco acidentes de trânsito. Sendo um deles com uma vítima fatal.

Bombeiros
O Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF) atuou neste domingo (23) com 161 militares e apoio de 21 viaturas.

Realizaram rondas periódicas e atuaram de forma preventiva nos eventos. No Setor Carnavalesco Sul, foram realizados três atendimentos. Sendo um por alcoolemia. O outro paciente teve um corte no pé e uma pessoa foi atendida com surto psicótico. No Setor Bancário Norte, foram realizados cinco atendimentos. Quatro deles por intoxicação alcoólica e uma pessoa teve um surto psicótico.

Os militares realizaram, no total, 20 atendimentos no estacionamento da Funarte. Sendo nove por intoxicação alcoólica. Três pessoas tiveram corte na cabeça e uma pessoa teve um corte na boca. Uma pessoa foi atendida com sangramento nasal, duas por dificuldade respiratória, duas por desmaio, uma por queda de pressão e uma por hipoglicemia.

Os militares atenderam também uma pessoa que caiu da própria altura, seguida de crise convulsiva. Ela foi encaminhada para o Hospital de Base. Não houve atendimentos na Área Oeste (Taguatinga).

Monitoramento 24h
Pelo segundo ano consecutivo, o carnaval do Distrito Federal está sendo monitorado pelo Centro Integrado de Operações de Brasília (Ciob), sob a coordenação da Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal (SSP/DF).

Durante os dias da festa, além dos órgãos que compõem a estrutura do CIOB – como forças de segurança, CEB e Secretaria de Mobilidade – foram convidados para participarem da operação as secretarias de Secretaria de Governo (Segov), de Cultura (SECULT), e de Saúde (SES) – por meio da Vigilância Sanitária – Samu, Vara da Infância e Juventude (VIJ) e Conselho Tutelar.

Blog Edgar Lisboa, * Com informações da Secretaria de Segurança Pública (SSP/DF)