Inicial / Repórter Brasília / Previdência quase no plenário

Previdência quase no plenário

Print Friendly, PDF & Email

Brasília nos finalmente para votação da Reforma da Previdência. Após uma semana intensa de negociações, o Congresso Nacional terá intensificado seu trabalho nos próximos dias, antes do recesso parlamentar, previsto para o dia 18. A Reforma da Previdência está a poucos passos para receber o aval dos parlamentares, em Plenário. O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) aposta na votação nesta terça-feira (9), ou amanhã. Uma vitória construída pelo Parlamento.

Onda otimista

Dentro da onda otimista no Parlamento, se não houver algum percalço no meio do caminho, a votação ocorrerá mais rápida do que esperava o presidente da Câmara, com cerca de 430 votos; o suficiente para ter uma margem de segurança, além dos necessários 308.

Entendimentos à beira do Lago

Luiz Eduardo Ramos

O Ministro Luiz Eduardo Ramos, da Secretaria de Governo do Palácio do Planalto, foi à residência oficial do presidente da Câmara, à beira do Lago Paranoá, no final de semana, onde reuniu-se com Rodrigo Maia e líderes. Na conversa, manifestações seguidas de elogios ao Chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, que também é deputado e está, agora, bem mais próximo de Maia. Houve uma nova etapa de entendimento entre Parlamento e Governo.

Reforma Tributária

Giovani Feltes

Enquanto isso, a Reforma Tributária será o próximo desafio dos Congressistas. Segundo alguns deputados, será bem menos sofrida que a discussão da Reforma da Previdência.  Segundo Giovani Feltes (MDB-RS), ex-secretário da Fazenda do RS, “tem um clima de receptividade. Até porque algumas outras tentativas foram feitas ao longo desse tempo e, alguns deputados estão bastante comprometidos com a questão”.

Uniformização dos tributos

Segundo o congressista, vai ter uma pressão muito grande com essa uniformização dos tributos municipais, estaduais e federais. “Acho que as fazendas, os tesouros, as receitas estaduais vão se movimentar bastante, na medida em que perderão parte disso exatamente por conta dessa concentração em Brasília. Perderão a importância no trabalho arrecadatório de fiscalização e controle”, avaliou.

Segurança jurídica

Na opinião de Feltes, “a reforma cria um ambiente muito favorável para quem quer empreender com segurança jurídica e, com maior facilidade, para empreender no Brasil”.

Aprovação rápida

O congressista, não é tão otimista. Não acredita que a Reforma Tributária tenha um curso muito rápido e, que possa ser aprovada como alguns até projetam, outubro/novembro, de já estarmos votando a reforma Tributária na Câmara. Para o deputado, “é um assunto bastante árido e que vai envolver interesses bastante grandes de um modo geral.

Queijos e Vinhos no Senado    

Kátia Abreu

Na noite de 25 de junho, durante votação no plenário do Senado que aprovou projeto de lei para desburocratizar a produção nacional de queijos artesanais, o senador Lasier Martins (Podemos-RS), relator da proposta de autoria dos deputados Zé da Silva (Solidariedade-MG) e Alceu Moreira (MDB-RS), anunciou confraternização para comemorar com vinhos e queijos de todos estados o envio do texto à sanção presidencial, acolhendo sugestão de Kátia Abreu (PDT-TO).

Produtos gaúchos presentes

A degustação está programada para a esta terça-feira (9), no Cafezinho do Senado, aberta aos parlamentares e à imprensa. A senadora Kátia, ex-ministra da Agricultura, mobilizou colegas e representantes do setor rural para trazerem produtos devidamente identificados, informando variedade e cidade de origem. Estão previstos queijos gaúchos, mineiros, paranaenses, goianos, tocantinenses, maranhenses, baianos e brasilienses. O Rio Grande do Sul será representado pelos produtores da região dos Campos de Cima da Serra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *