Quarta-feira, 1 de julho de 2009 | | Edgar Lisboa
Inicial / Repórter Brasília / Quarta-feira, 1 de julho de 2009

Quarta-feira, 1 de julho de 2009

Print Friendly, PDF & Email

Sobrou dinheiro de campanha
Há algum tempo, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) está anunciando as sobras da campanha de 2008. No Rio Grande do Sul, PP (R$ 97 mil), PMDB (R$ 89 mil) e PDT (69 mil) foram os três partidos que mais deixaram recursos financeiros sem utilização e bens permanentes adquiridos. Entre os candidatos, o atual prefeito de Dom Pedrito, Francisco Alves Dias (PP), foi o recordista. Sobraram R$ 28 mil da campanha de Dias. Só a sobra dele, é maior do que a sobra de todo o PSDB (R$ 24 mil), quase se equipara a toda sobra do PT (R$ 30 mil).

Segundo e terceiro
O segundo colocado em sobras da campanha de 2008 é o candidato a prefeito de Maçambara não eleito, Hugo Bonorino (PDT), com R$ 22 mil. Assim como Bonorino, o terceiro colocado também não se elegeu. Trata-se de Ney Luiz Finatto (PMDB), candidato a vereador em Gravataí, com R$ 18 mil. As sobras de campanha devem ser utilizadas pelos partidos políticos, integral e exclusivamente, na criação e manutenção de institutos ou fundações de pesquisa, doutrinação e educação política.

Lá pode
Enquanto a AES Uruguaiana, primeira usina termelétrica a operar com gás natural no Brasil, teve de fechar suas portas em função da interrupção do fornecimento de gás argentino, a Petrobras, por meio de sua subsidiária Petrobras Energía, inaugurou nova unidade de geração de energia elétrica na Argentina.

Fogaça faltou
Os ministros Orlando Silva (Esporte), Márcio Fortes de Almeida (Cidades), e o subchefe de Assuntos Federativos da Presidência da República, Alexandre Padilha, abriram nesta terça-feira a 1ª Reunião de Prefeitos e Prefeitas das Cidades Sede da Copa de 2014, no Centro de Eventos Brasil XXI, em Brasília. O evento, realizado pela Frente Parlamentar de Prefeitos, tem o objetivo de promover a articulação dos municípios que sediarão os jogos do mundial. Temas importantes para a realização da Copa de 2014, como trânsito, infra-estrutura, mobilidade urbana, segurança pública, saúde, entre outros estiveram na pauta. O prefeito de Porto Alegre, José Fogaça, não compareceu à abertura.

Arqueólogo premiado
O arqueólogo e professor gaúcho Pedro Ignácio Schmitz ganhou o Prêmio Rodrigo Melo Franco de Andrade 2009 pelo conjunto de sua obra, que abrange a teoria, a prática e o ensino da Arqueologia. A cerimônia de entrega da premiação acontecerá no dia 14 de outubro, no Teatro Nacional Claudio Santoro, em Brasília.

Oi? Tchau!
A Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público da Câmara Federal realiza hoje audiência pública sobre as demissões na Brasil Telecom após a compra pela Oi. Estarão presentes, entre outros, o ministro do Trabalho, Carlos Lupi; o presidente da Oi, Luiz Correa; e o presidente do Sindicato dos Telefônicos do Rio Grande do Sul (Sinttel/RS), Flávio Leonardo Silveira Rodrigues (foto). A audiência foi sugerida pelo deputado Luiz Carlos Busato (PTB), que quer ouvir esclarecimentos sobre a situação dos funcionários da empresa.

CURTA
– A Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática aprovou a concessão de uma rádio comunitária para a cidade de Gramado dos Loureiros.