Saga dos gaúchos | | Edgar Lisboa
Inicial / Notícias / Saga dos gaúchos

Saga dos gaúchos

Print Friendly, PDF & Email

A verdadeira saga vivida pelos gaúchos que deixaram o Rio Grande, principalmente, nas décadas de 60 e 70, para colonizar outras regiões do país, está contada no livro “A Diáspora do Povo Gaúcho”, que o senador Pedro Simon (PMDB) lança na 55ª Feira do livro de Porto Alegre.  A sessão de autógrafos será no dia 5 de novembro, às 15h30min, na Praça da Alfândega.

Senador lança livro sobre movimento pouco conhecido da história
Senador lança livro sobre movimento pouco conhecido da história

A “Diáspora”, livro editado pelo Senado, registra em 192 páginas, uma parte pouca conhecida da história brasileira, lançando luz sobre um episódio de proporções épicas que, na avaliação de Pedro Simon, “tem uma importância muito maior que as expedições dos bandeirantes dos séculos XVI e XVII”. Conforme o senador, “enquanto os bandeirantes se limitavam a buscar e acumular riquezas, os agricultores gaúchos, filhos de imigrantes italianos e alemães em sua maioria, fugiam da miséria e da falta de terras no Sul, para plantar e viver em outras regiões do Brasil”.

Reforma agrária – As primeiras viagens de colonos rio-grandenses tiveram como destino o oeste de Santa Catarina. Depois seguiram em direção ao Paraná e regiões centro-oeste e norte, onde, atualmente, seus descendentes já estabelecidos e assimilados, não esqueceram a cultura, hábitos e costumes de origem. Tanto, que existem mais de mil Centros de Tradições Gaúchas (CTGs) funcionando fora do estado.

Pedro Simon, quando deputado estadual no início da década de 60, protestou, na Assembléia Legislativa do Rio Grande do Sul, contra o que considerava, praticamente, “uma expulsão do que temos de melhor, que é a nossa mão-de-obra rural, agricultores que poderiam ser colocados na metade sul do estado, contribuindo para o progresso de uma região que até hoje está abandonada”. Na verdade, o pano de fundo da decisão política dos governos da época no sentido de estimular e organizar a emigração, estava na crescente tensão social motivada pela necessidade da reforma agrária no Rio Grande do Sul.

Compromisso – A atuação parlamentar de Pedro Simon, desenvolvida em 2008, está resumida no livro “Empréstimo para reduzir a dívida do Rio Grande”, também editado pelo Senado. Ao contrário de anos anteriores, quando também era distribuído na feira, desta vez a obra será diretamente encaminhada às bibliotecas, especialmente de universidades e instituições, onde poderá ser consultada.

Com 704 páginas, o livro traz discursos e projetos selecionados do parlamentar, em especial a manifestação em que cobrou do governo federal o aval da União a um empréstimo internacional para o Rio Grande do Sul, recurso necessário para reestruturação da dívida do estado. Simon discursou durante seis horas em defesa dos interesses dos gaúchos, numa memorável sessão, no dia 20 de junho de 2008. Mais informações, além de áudio e vídeo da sessão, estão disponíveis no blog http://senadorpedrosimon.blogspot.com e no site do senador www.senado.gov.br/pedrosimon