22 de setembro de 2018
Inicial / Destaques / Segurança tenta impedir criança de rua comer em shopping de Salvador
Segurança tenta impedir criança de rua comer em shopping de Salvador - Blog Edgar Lisboa. Foto: Reprodução/Internet

Segurança tenta impedir criança de rua comer em shopping de Salvador

Print Friendly, PDF & Email


Segurança tenta impedir criança de rua comer em shopping de Salvador
Um segurança, sem noção, do Shopping da Bahia tentou impedir um rapaz de pagar um almoço para uma criança que vendia balas dentro do estabelecimento e revoltou frequentadores. O fato ocorreu na tarde de segunda-feira, dia 11.6.2018.
No vídeo, de mais de cinco minutos, que o rapaz compartilhou em suas redes sociais é possível ver o segurança cercando a criança e o rapaz impedindo que a comida seja paga. É possível também ver o momento em que ele arremessa a bandeja que o menino seria servido e em seguida vai em direção a criança e tenta pegá-lo na força. O rapaz então intervém e continua a tentativa de pagar o almoço.
“Eu querendo dar o almoço ao menino aqui e o segurança dizendo que vai me tirar do shopping a força e o menino também. Bora ver. Ele vai comer, eu vou pagar…Eu não estou pedindo nada, eu vou pagar “, diz irritado o rapaz durante a gravação.
“Ele não vai comer, meu trabalho é esse”, dispara o segurança.
O segurança só recua quando outros seguranças chegam e o chefe de segurança tenta apaziguar a situação e permite que a criança coma.
Nesse momento, o rapaz explica que a criança chegou perguntando se ele poderia comprar uma bala em sua mão para ajudá-lo e ele preferiu pagar o almoço.
De acordo com o relato de Kaique Sofredine nas redes sociais, ele tentava pagar um almoço a uma criança, aparentemente de rua, mas foi impedido por um dos seguranças.
“Estou muito revoltado com isso que aconteceu hoje. Fui pagar um almoço pra uma criança e o segurança disse que ele não iria comer. Foi uma longa discussão, até chamar o supervisor dele e, por fim, deixar o menino comer no shopping”, relata.
O Shopping da Bahia pediu desculpas
“O Shopping da Bahia vem a público pedir desculpas pelo ocorrido. A postura adotada não condiz com o treinamento recebido pelos funcionários, tanto que a atitude tomada pelo supervisor de segurança reforça o direito do cliente e o acolhimento com a criança. Reforçamos que nossa operação atua em alinhamento com órgãos de defesa dos direitos humanos, como o Conselho Tutelar e o Juizado de Menores. O empreendimento reforça ainda que, em seus 42 anos de história, sempre teve orgulho de manter uma relação de proximidade e respeito com seus clientes, valorizando a cultura e o povo da Bahia”.
Blogedgarlisboa / DOL/ Varela Notícias

Vídeo: Segurança tenta impedir criança de comer em shopping de Salvador; shopping pede desculpas