Inicial / Notícias / SOS DF Segurança intensifica policiamento, com bons resultados
SOS DF Segurança intensifica policiamento, com bons resultados - Blog Edgar Lisboa. Foto: Vinicius de Melo/Agência Brasilia

SOS DF Segurança intensifica policiamento, com bons resultados

Print Friendly, PDF & Email

Houve uma queda de 17% no número de crimes contra a vida e também contra o patrimônio.

A intensificação no policiamento de rua em todo o Distrito Federal tem trazido bons números, segundo dados da corporação. Em apenas um mês, o SOS DF Segurança foi responsável por uma queda de 17% no número de crimes contra a vida e também contra o patrimônio. Em janeiro de 2018 foram 35 homicídios e neste ano, no mesmo mês, o número caiu para 29.

Nesta quarta-feira (20) o reforço policial foi feito nas ruas da Octogonal, Cruzeiro e Sudoeste. Foram 119 homens, 29 viaturas, da Rotam, Polícia Florestal, Getop, Batalhão com Cães, Batalhão de Operações Especiais, Polícia Florestal, Polícia Montada, além de um grande número de policiais do 7º Batalhão.

“Esse reforço no policiamento é uma resposta para os que tentam levar a criminalidade para essas áreas”, disse o comandante da operação, Coronel Sérgio Luiz de Sousa.

Também já houve reforço policial em Ceilândia, Samambaia, Planaltina, Taguatinga, Estrutural, Recanto das Emas, Paranoá, Gama, Santa Maria, Guará e Águas Claras.

Em pouco mais trinta dias de operação, a Polícia Militar abordou 39 ônibus e 2.398 veículos. Foram recolhidas 7 armas de fogo, 34 pessoas foram presas em flagrante, 5 menores foram apreendidos, 24 condutores flagrados embriagados, 8 celulares recolhidos e 2 armas brancas apreendidas.

A manicure Thais Paiva, 22 anos, trabalha no Sudoeste e percebeu o reforço na segurança da cidade no último mês. Ela diz que há sempre viaturas da PM fazendo rondas pelo local. A colega de trabalho, Jéssica Romão, 25 anos, ressalta que a presença dos policiais é importante para a segurança de quem trabalha e mora na localidade. “Não é porque essa é uma área nobre que não precisamos de mais policias nas ruas”.

Fonte: Agência Brasília