Covatti Filho quer fim mais ecológico para os mortos

8 de maio de 2017 Admin 0

O destino final de cada um poderá ser mais ecológico. O deputado Covatti Filho (PP-RS) apresentou projeto de lei elencando medidas para evitar o chamado necrochorume, ou o líquido altamente tóxico que sai dos mortos. Para evitar a contaminação, o deputado propõe o uso de materiais que facilitem a decomposição do corpo. “Incluem-se entre as soluções possíveis o envolvimento do cadáver em manta protetora, o uso de bioenzimas e urnas feitas com material biodegradável”. O projeto está aguardando que o presidente da Comissão de Desenvolvimento Urbano, deputado Givaldo Vieira (PT-ES) defina relator. Repórter Brasília/blogedgarlisboa