Inicial / Artigos / Uma pátria de juristas
Uma pátria de juristas - Blog Edgar Lisboa. Foto: Reprodução

Uma pátria de juristas

Print Friendly, PDF & Email

         É impressionante como – assim, não mais do que de repente – surgiram milhões de experts em direito, palpitando (totalmente sem conhecimento de causa) sobre o julgamento do Lula no TRF4.

         Além das besteiras que recebem e repetem sem pudor, parece que cada brasileiro virou um exímio advogado, profundo conhecedor da lei processual, no caso a penal, esquecendo – por hora – da outra “paixão nacional”, que é discutir futebol como se técnico fosse.

         Mas, o mais curioso é ver advogados “de verdade”, formados, opinando sem sequer conhecer sequer a capa do referido processo penal.

         E dizem, com cara de quem “sabe tudo”, que não há provas; ou que a sentença do Juiz Sérgio Moro contém falhas.

         Estes se esquecem completamente do juramento que fizeram ao “colar grau” ou receber a carteira da OAB.

         Olha, não conheço o processo, porém o citado magistrado tem um currículo impecável e raramente vê o Tribunal modificar suas decisões, o que evidencia sua correção ao condenar os réus que julga, como o famoso réu Lula.

         Compreendo que muitos fanáticos pensem diferente de mim, pois a sua cegueira e a fé compulsiva na ideologia que comungam lhes tira todo o equilíbrio para interpretar algo simples. Imaginem uma coisa técnica como uma sentença judicial.

         É gente que não dá um “pum” sem antes consultar um advogado para saber sobre seus direitos. Mas, que agora, discute leis e processo como se tivesse estudado toda a vida.

         O que não é nada complicado para um povo que até deu nome à pátria de chuteiras.

         Marcelo Aiquel – advogado